Coreia do Norte diz que míssil testado pode levar ogiva nuclear

O embaixador da Coreia do Norte para a China, Ji Jae Ryong, afirmou a repórteres que o teste de míssil realizado por Pyongyang no fim de semana é parte dos esforços do país para desenvolver meios de se defender contra agressões hostis do exterior.

O embaixador disse que mais testes podem ser realizados no futuro, caso o líder supremo julgue que eles são necessários.

O lançamento feito no domingo pela Coreia do Norte foi de um míssil balístico de média distância, que pode levar uma ogiva nuclear, segundo a própria Coreia do Norte.

Ji repetiu a afirmação de autoridades norte-coreanas de que Pyongyang conseguiu com sucesso desarticular um plano dos EUA para matar o líder norte-coreano, Kim Jong Un, com veneno bioquímico no mês passado.

A agência de notícias estatal norte-coreana disse que o míssil disparado pode levar uma pesada ogiva nuclear.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Antonio Guterres, condenou o teste de míssil balístico e disse que ele viola resoluções do Conselho de Segurança, além de ameaçar a paz e a segurança na região.

Porta-voz da ONU, Stephane Dujarric disse que Guterres pediu à Coreia do Norte que cumpra suas obrigações internacionais e volte a caminhar para o abandono das armas nucleares.

O embaixador da França na ONU, François Felattre, afirmou que os membros do Conselho de Segurança trabalham para impor novas sanções contra a Coreia do Norte, a fim de reforçar as medidas já existentes contra o país.

O Conselho de Segurança deve ter reunião a portas fechadas sobre o teste de míssil nesta terça-feira.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, condenou o teste norte-coreano. “Não há nada de bom nisso”, comentou sobre o lançamento.

Putin defendeu a retomada do diálogo com a Coreia do Norte e o “fim da intimidação” contra o país, além da busca de soluções pacíficas no caso.

O QG GLOBAL reproduziu esta matéria da seguinte fonte: ESTADÃO/EXAME.

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.


*